quinta-feira, 4 de agosto de 2011

SERÁ QUE É ASSIM MESMO?

Eis aqui, um espaço democrático, onde posso expor minhas alegrias e insatisfações, diante os fatos mais variados da vida, consequências das ações e reações dos indivíduos e suas engenharias.


Um exemplo de um tema bem adequado às articulações e engenharias  da personalidade humana, é a política ...


A política é aplicada em todas as ações e reações, é um modo de planejar a partir de nossas pretensões, que vão gerar expectativas e a necessidade de monitoramento dos planos, para que possam se concretizar sem interferências, e com absoluto exito.


Sendo assim, estas articulações,  para o bem ou para  mal, podem causar aborrecimentos e desconforto aos alheios, que todavia necessitarão revidar, causando então a consequente disputa.


Os seres, desde o inicio do mundo já disputam, não poderia ser diferente, pois o simples fato de sermos consumidores em potencial, e o produto mesmo em abundância, primeiro tem de ser descoberto e beneficiado de alguma forma, e seu descobridor terá o mérito da posse, que ira despertar a cobiça e a ilusão de necessidade daquilo que por hora desconhecia, mas se tornou produto da socialização.


Mas como disputar com um oponente mais forte, só mesmo com a ajuda de outra força, que somada,  possibilitaria maiores chances. Nas mentes, estão acumuladas as dimensões das forças, por isto se sabe o quanto mais e o que mais se precisa para entrarmos no circuito das disputas, mas precisamos estar ciente que qualquer erro de calculo poderá ser fatal.


Temos convicção, que o poder predominante, direciona e conduz os seres, que automaticamente se colocam em seus lugares na pirâmide social, hoje em dia nem tanto por questões hierárquicas, mas por imposição da qualificação generalizada, que deixou a muitos, uma estrutura sucateada e obsoleta, condicionando também o fator sócio-financeiro, desencadeado a partir das disputas e remanejamento das ideologias dos governos, que não dão tempo de adaptação às idéias, ou são absolutamente contrárias as culturas e sistemas.


Por isto , que cada vez mais, os seres se agrupam numa identidade ideológica, muitas delas modelos de ideologia de pensadores e filósofos, que atuaram nas revoluções contemporâneas, digo desta forma, porque 
se estende desde o século XlX a o século XXl, ( Trotski, Lênin, Deutscher, Marx, Engels, Stalin, Lula...) .


Estes grupos se dividem, formando subgrupos buscando referendar sua única ideologia se assemelhando a uma crença,e se utilizando dos alternativos mecanismos de convencimento como, reverenciar o socialismo e a democracia, mas as vezes confundindo as mentes menos preocupadas com a situação politica, misturando acidentalmente as divergências ao capitalismo, e colocando em conflito questões necessárias para o desenvolvimento do mundo e a condição de sobrevivência de cada um.


Acho que a reestruturação política, poderia reajustar e reparar erros que não combinam com a atualidade e a nova dinâmica mundial, oferecendo oportunidades a cada gênero, raça, religião, etnia, e outras expressões.


Esta seria uma forma de promover o verdadeiro socialismo e a mais
justa prática de democracia, que possibilita  eliminar a consciência equivocada da desigualdade social e estimulando o interesse do individuo pela politica que propulsiona o mundo, não esquecendo que a inovação esta na mão dos jovens, e só teremos um mundo mais justo e politicamente correto, se a eles dermos condições.

Nenhum comentário:

Postar um comentário